ESTUDO COMPARATIVO DO VO2 MAX. OBTIDO APÓS A APLICAÇÃO DE DOIS TESTES DE CAMPO EM JOVENS UNIVERSITÁRIOS EM 2600 METROS SOBRE O NIVEL DO MAR

Comparative study of the VO2 Max. obtained after the application of two field tests in young university at 2600 meters above the sea level

Contenido principal del artículo

Isabel Adriana Sánchez Rojas
Héctor Reynaldo Triana Reina
Laura Elizabeth Castro Jiménez
Adriana Rocío Gutiérrez Galvis
Jaime Orlando Rodríguez Peña
Leonardo Rodríguez Perdomo
Jaime Sneyder Barón

Resumen

Comparar o VO2 Max. obtido após a aplicação de dois testes de campo em 2600 metros sobre o nivel do mar. Metodologia: Estudo descritivo e transversal, realizado com 185 jovens universitários treinados, com um nível mínimo de treinamento de três vezes por semana ou praticantes de alguma disciplina esportiva por mais de um ano. Foram utilizados como os testes: teste de Cooper (CRT) e teste de Course Navette (SRT-20m). Resultados: O promedio de idade dos participantes foi de 20,3 ± 2,0; no teste de CRT, o VO2 Max. promedio obtido foi de 38,3 ± 10 ml/kg/min para os dois sexos, enquanto no SRT- 20m foi de 53 ± 6,5 ml/kg/min para os dois gêneros. Conclusões: O VO2 Max. pela CRT foi significativamente menor (p= 0,00) que o VO2 Max. atingido no SRT-20m. O CRT subestima os valores de VO2 Max. em jovens adultos treinados que vivem a 2600 msnm.

Detalles del artículo